domingo, 30 de maio de 2010

HABEAS PINHO


Imagem envida por Jaak Bosmans.

Jaak Bosmans, criador das chamadas Poemagens-que diferem da simples ilustração , pela perfeita simbiose entre contexto e imagem -Presidente da Academia de Artes Letras e Cultura, Maestro Arthur Bosmans e Vice Presidente da Universidade Planetária do Futuro, também Cônsul dePoetas del undo no Bairro Serra, - envia-nos essa interessante história ,que caracteriza o quanto a Poesia pode ser inserida em todos s espaços e contextos .Embora já a conhecesse, sei que para muitos, será uma notável colaboração e ainda um testemunho a respeito d modo de ser do poeta nordestino.Na Casa do Cordel, em Natal, onde estive no início de maio, por exemplo, chegam doutores e não doutores, unidos pela Poesia, pelo Cordel.Não é à toa que Gustavo Dourado residente em Brasília, produz refinados cordéis, tendo usado um para sua dissertação de mestrado.Também exalta personagens de ontem e de hoje,com seu talento nato e desenvolvido de cordelista apurado.Aliás, Gustavo completa cinquenta anos e vem sendo fesejado em prosa e versos. Nossos cumprimento ao amigo.

Agora, leiam :

Habeas-Pinho


"Em 1955, em Campina Grande, na Paraíba, um grupo de boêmios fazia serenata numa madrugada do mês de junho, quando chegou a polícia e apreendeu o violão.

Decepcionado, o grupo recorreu aos serviços do advogado Ronaldo Cunha Lima,

então recentemente saído da Faculdade e que também apreciava uma boa seresta.

Ele peticionou em Juízo para que fosse liberado o violão.

Aquele pedido ficou conhecido como "Habeas-Pinho" e enfeita as paredes de escritórios

de muitos advogados e bares de praias no Nordeste.

Mais tarde, Ronaldo Cunha Lima foi eleito Deputado Estadual, Prefeito de Campina Grande, Senador da República, Governador do Estado e Deputado Federal."



Eis a famosa petição:

HABEAS-PINHO



Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da 2ª Vara desta Comarca:

O instrumento do crime que se arrola

Neste processo de contravenção

Não é faca, revólver nem pistola,

É simplesmente, doutor, um violão.



Um violão, doutor, que na verdade,

Não matou nem feriu um cidadão,

Feriu, sim, a sensibilidade

De quem o ouviu vibrar na solidão.



O violão é sempre uma ternura,

Instrumento de amor e de saudade,

Ao crime ele nunca se mistura,

Inexiste entre eles afinidade.



O violão é próprio dos cantores,

Dos menestréis de alma enternecida

Que cantam as mágoas e que povoam a vida

Sufocando suas próprias dores.



O violão é música e é canção,

É sentimento de vida e alegria,

É pureza e néctar que extasia,

É adorno espiritual do coração.



Seu viver, como o nosso, é transitório,

Porém seu destino se perpetua,

Ele nasceu para cantar na rua

E não para ser arquivo de Cartório.



Mande soltá-lo pelo Amor da noite,

Que se sente vazia em suas horas,

Para que volte a sentir o terno açoite

De suas cordas leves e sonoras.



Libere o violão, Dr. Juiz,

Em nome da Justiça e do Direito,

É crime, porventura, o infeliz

cantar as mágoas que lhe enchem o peito?



Será crime, e, afinal, será pecado,

Será delito de tão vis horrores,

perambular na rua um desgraçado

derramando ali as suas dores?



É o apelo que aqui lhe dirigimos,

Na certeza do seu acolhimento,

Juntando esta petição aos autos nós pedimos

e pedimos também DEFERIMENTO.



Ronaldo Cunha Lima, advogado.



O juiz Arthur Moura, sem perder o ponto, deu a sentença no mesmo tom:



"Para que eu não carregue remorso no coração,

Determino que seja entregue ao seu dono,

Desde logo, O malfadado violão! “



Recebo a Petição escrita em verso

E, despachando-a sem autuação,

Verbero o ato vil, rude e perverso,

Que prende, no cartório, um violão.



Emudecer a prima e o bordão,

Nos confins de um arquivo em sombra imerso

È desumana e vil destruição

De tudo, que há de belo no universo.



Que seja Sol, ainda que a desoras,

E volte à rua, em vida transviada

Num esbanjar de lágrimas sonoras.



Se grato for, acaso ao que lhe fiz,

Noite de lua, plena madrugada,

Venha tocar à porta do Juiz.



Postagem de

Jaak Bosmans

Presidente da Academia de Artes Letras e Cultura, Maestro Arthur Bosmans

Vice presidente da Universidade Planetária do Futuro

Cônsul B.Serra. Poetas Del Mundo

Um comentário:

  1. FANZINE EPISÓDIO CULTURAL

    O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos distribuído gratuitamente em várias instituições culturais. De acordo com o editor e poeta mineiro Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan), “o objetivo é oferecer um espaço gratuito para que escritores, poetas, atores, dramaturgos, artistas plásticos, músicos, jornalistas... possam divulgar a sua arte”.

    Sobre o editor:

    1964: Nasce em Machado-MG
    1966: Muda-se para São Paulo/SP, onde surge sua paixão pelo Cinema.
    1995: Retorna para Machado, passando a pesquisar a trajetória do Cinema local.
    2005: Edita a Revista do Cinema Machadense (1911-2005)
    2006: Compõe três letras gravadas pela banda finlandesa “Força Macabra”
    2008: Lança o livro “O Anjo e a Tempestade” sob o pseudônimo Agamenon Troyan.
    2008: Edita o Fanzine Episódio Cultural
    2009: Edita o Jornal Ciclone
    2010: Novo membro da Academia Machadense de Letras
    2010: Destaque do Ano (Troféu Carlos Drummond de Andrade) 05/06/2010

    Contatos:

    E-mail: machadocultural@gmail.com
    MSN: machadocultural@hotmail.com
    Twitter: www.twitter.com/episodiocultura
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile
    Myspace: www.myspace.com/tarokid2003
    Blog: http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
    Youtube: http://www.youtube.com/user/Tarokid2003
    Skype: tarokid18
    Orkut: Carlos Roberto (Episódio Cultural)

    Vídeos

    Revista do Cinema Machadense; pela TV Alterosa (SBT)
    http://www.youtube.com/watch?v=msoR2iUr-8M

    Livro “O Anjo e a Tempestade” e Fanzine Episódio Cultural
    http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ

    O FANZINE EPISÓDIO CULTURAL ENTREVISTOU NO DIA 24 DE ABRIL DE 2010, GISELE FERREIRA, DIRETORA DA GSC EVENTOS, QUE, JUNTAMENTE COM SUA EQUIPE, ORGANIZOU A V FEIRA NACIONAL DO LIVRO DE POÇOS DE CALDAS-MG.:

    http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU

    ResponderExcluir